CLUBE

 

GRUPO

Onde estamos.
Bem-vindos a 2013

 

Olá Quero expressar, a todos vós, o agradecimento e o reconhecimento, por parte do Grupo Hicon, pela dedicação e profissionalismo que demonstraram num ano particularmente exigente para as empresas a nível nacional. Perante a adversidade, uma vez mais, os profissionais do Grupo Hicon tiveram o engenho para encontrar soluções e o empenho para congregar esforços e materializar resultados. Tudo isto contribuiu para superar as dificuldades com que nos deparámos. Foi assinalável o trabalho desenvolvido e é com enorme apreço que partilho convosco a satisfação, melhor, o sucesso, de termos chegado ao final de 2012 com a Hicon a atingir indicadores que enfatizam quanto soubemos e sabemos atuar de forma a merecer a confiança por parte de Clientes e Parceiros. Factos que contribuem de forma efetiva para o desenvolvimento do Grupo, traduzido no crescimento dentro do grupo PT 6,95% e dentro do grupo Zon 18,70 %. Nesta altura de balanço e reflexão, vale a pena recordar as áreas de atuação que definimos como prioritárias para 2012: - A concretização das parcerias com diversas entidades, com vista a dispormos de condições adequadas para facilitar o trabalho dos Parceiros. - O reforço da solidez da empresa que nos permite enfrentar melhor e estarmos mais bem preparados para a instabilidade do mercado. - A atuação ao nível da imagem institucional da empresa que deu continuidade à renovação iniciada em 2011. - O reenfoque no serviço aos parceiros - A continuidade do grupo Hicon no empenhamento da investigação e na inovação tecnológica. - O intercâmbio empresarial e as sinergias entre empresas, empresários e entidades com responsabilidade económica e administrativa. - O reforço na aprendizagem e o aprofundamento do conhecimento dquirido. - O reforço da capacidade comercial, com especial ênfase nos mercados de maior potencial de crescimento, a nível nacional, não esquecendo os mercados internacionais onde se encontram comunidades Portuguesas. - A simplificação das estruturas da empresa, tarefa que nunca está conluída e que passou nos últimos anos pela reorganização de diversas áreas. A importância destas alterações é tanto maior no contexto sócio/político atual, quanto o ano de 2013, que acabamos de iniciar, vai ser mais exigente e as dificuldades não terão paralelo na história. Mais do que nunca, temos que ser objetivos e precisos, para que no final possamos ultrapassar a barreira com mérito e continuarmos a fazer história. José Mendes